14/07/2017

Must it na decoração contemporânea!

Um painel de cerâmica que remete ao metrô de Nova Iorque, sucesso no revestimento de cozinhas, migrou para a sala de estar. O quarto de bebê, em sintonia com o mundo lá fora, agora não tem gênero: pode servir ao menino ou à menina e ainda ganhou um toque hipster. Uma Ficus lyrata, que dispensa grandes cuidados e mora muito bem em apartamentos, virou it plant (sim, agora tem isso). Sobrepor estampas, em um mundo que não é pautado por erros e acertos, é pura diversão e ousadia. E estes exemplos acima são apenas uma provinha disso. A seguir, o jornal O Globo selecionou ideias que podem servir de inspiração para reformular tudo, do jardim ao lavabo.

Bebê Hipster:
Menino ou menina, não importa. Uma tendência é apostar em quartos de criança que passam longe do azul e rosa. O bebê já nasce com cara de hipster e cresce em um cômodo, digamos, sem gênero.

Caso de amor:
Os corações talvez sejam uma forma de externar a relação de afeto com a casa. É uma imagem poética que acaba tornando a rotina mais leve. E pode ser usado de diversas formas, em aplicações com almofadas, paredes ou quadros.

No meio do mato:
Investir em máxi móveis para a área externa é um recurso que cada vez mais paisagistas e arquitetos vêm usando. Para compor o cenário, dois pufes do mesmo material fazem às vezes de assento ou apoio para revistas, e mesinhas laterais apoiam comes e bebes.

À paisana:
A ideia é sumir com a geladeira, mas sem abrir mão dela. Uma maneira de fazer isso é investir em revestimentos cerâmicos e marcenaria no mesmo tom. Você também pode combinar a paleta de cores de outros itens, como a cafeteira e prateleiras. Quando camuflamos a geladeira, o ambiente fica mais discreto e o ambiente ganha unidade.

Junto e misturado:
Quantas estampas você vê é capaz de combinar? Uma, duas, três... oito, nove, dez? É até difícil de contar. Em alta na decoração, a sobreposição de estampas tem lá os seus segredos. É fácil de errar, mas é fácil de acertar também. O truque está em escolher duas cores principais para brincar. Banho de tinta Escolha uma cor para pintar uma faixa na parede do seu quarto e crie uma cabeceira customizada. Quando ela é pintada à mão, de uma ponta à outra da parede, vira a protagonista do cômodo.

Black Power:
Foi-se o tempo das torneiras com cara de casa da avó. A aposta da vez são os metais pretos, incluindo torneira, chuveiro, ralo e tubulação. Para arrematar o ambiente, entram um espelho com moldura preta aqui, um aromatizador com rótulo escuro ali.

Dedo verde:
Sua folha lembra a de uma amendoeira. A estrutura, nem tanto. Queridinha da vez de floristas e jardineiros, a Ficus lyrata é a planta perfeita para enfeitar um cantinho em casa. Explica-se: só é preciso regá-la uma vez a cada quatro dias, e ela vive muito bem numa meia sombra.



  • COMPARTILHE